sábado, 10 de outubro de 2020

Google quer transformar o YouTube numa loja. Mas os YouTubers não vão gostar!

De acordo com informações publicadas pelo reconhecido site Bloomberg, a Google tem planos para transformar o YouTube numa loja online. Apesar da informação ter sido confirmada por fontes próximas do YouTube, não foram revelados muitos detalhes. No entanto, parece muito difícil que a Google consiga implementar uma plataforma que deixe os YouTubers realmente satisfeitos. Atualmente, consegues encontrar largos milhares de YouTubers a realizar reviews, comparações e unboxings de produtos dos mais variados mercados nos seus canais. Considerando que estes estão na sua esmagadora maioria disponíveis para compra, a Google quer fazer com que seja possível realizar a sua compra diretamente no YouTube. Até agora, os criadores de conteúdo recorrem a diversas plataformas de afiliados e links posicionados na descrição dos vídeos para rentabilizar os seus conteúdos. Uma das plataformas mais populares é a Amazon, a maior plataforma de compras online do mundo. Google vai precisar de investir rios de dinheiro para conseguir convencer os criadores de conteúdo Para já, sabemos que o YouTube já começou a testar algumas ferramentas para que os criadores de conteúdo consigam marcar vários produtos que aparecem nos seus vídeos. Com estas ferramentas, vão conseguir criar uma vasta biblioteca de produtos, ligando-os depois a plataformas de compras online. Além disso, foi também confirmado o teste da integração do Shopify, que poderia facilitar consideravelmente a venda de produtos diretamente a partir do YouTube. No entanto, para que os criadores de conteúdo possam realmente ganhar com esta nova estratégia da Google, teria de ser a empresa a comercializar os produtos. Caso isso não aconteça, para que consigam rentabilizar a nova ferramenta de "compras online" ao reencaminharem produtos de outras plataformas, terão de cobrar uma comissão. Dessa forma, os criadores de conteúdos vão precisar de partilhar uma comissão de afiliado que até agora era exclusivamente para eles. Até mesmo a integração do Shopify parece trazer poucos benefícios para os YouTubers. Atualmente são muitos os que vendem os seus próprios produtos através de sites (muitas vezes criados no Shopify), publicitando a sua loja nos comentários dos vídeos. Mesmo que a integração do Shopify venha facilitar consideravelmente a promoção e todo o processo de compra, a Google vai garantidamente cobrar uma taxa sobre todas as vendas, reduzindo assim as margens dos YouTubers. Editores 4gnews recomendam: Utilizas o Gmail no teu smartphone Android? Está na hora de instalares a nova versão "Go" Realme vai surpreender o mundo ao trazer o primeiro smartphone com o processador Snapdragon 875 Google vai ajudar milhões de utilizadores com a nova funcionalidade do Android!
http://dlvr.it/RjKhk8

Sem comentários:

Publicar um comentário